The eyes of a Mermaid: Como descobri que o Pai Natal não existe

Como descobri que o Pai Natal não existe

Eu e a Raquel do blog Captivating Color lembramo-nos de fazermos cada uma um post sobre algo relacionado com o Natal, para partilhar com vocês. Ela decidiu mostrar-vos uma deliciosa receita que podem ver aqui, e eu decidi trazer-vos a história de como eu percebi que afinal quem entregava os presentes tinha bons gostos nos sapatos.

Tinha cerca de 5 anos, segundo o que me contam, e estávamos em casa dos meus avós na ceia de Natal. Como todos os anos, eu e os meus primos esperávamos ansiosamente pela meia noite. Normalmente, ele tocava a campainha e trazia as nossas prendas dentro de um grande saco. Trazia também com ele sempre uma ajudante, para ler para quem era cada prenda e entregar. Era como uma tradição, naquela altura. 

Mas nessa noite quando dei falta do meu pai e me disseram que ele teria ido à casa de banho, comecei a desconfiar. Era meia noite, e tocaram à campainha. Mal o Pai Natal entrou em casa e eu olhei para os pés dele, disse-lhe muito inocentemente: "Tu compras os sapatos no mesmo sítio que o meu pai!". Logo a seguir, tirei-lhe a falsa barba branca e então percebi tudo. Tudo isto, só porque o Pai Natal tinha os mesmos gostos de sapatos que o meu pai.


Eu e a Raquel queremos ouvir as vossas histórias! Como descobriram que ele não existia? Beijinhos!

17 comentários:

  1. A minha história não tem tanta graça porque eu nunca via o pai natal. Eu abria as prendas de manhã, supostamente o pai natal aparecia lá só quando eu estava a dormir. Mas descobri que não era o Pai Natal a deixar as prendas quando as vi todas na mala do carro dos meus pais. E que eu saiba o Pai Natal conduz trenós e não carros x) Beijoca!

    ResponderEliminar
  2. Eu descobri que o pai Natal não existia por volta dos 5/6 anos também, dei por falta da minha avó e quando o suposto pai natal entrou olhei para a barriga dele e só via semelhanças à minha avó e virei-me é a avó xD

    ResponderEliminar
  3. Gostei de ler a tua história ;) beijinhos

    elisaumarapariganormal.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Que forma tão engraçada de teres descoberto ahah, eu não me lembro de como descobri!

    ResponderEliminar
  5. Que engraçado ahah, fizeste-me reviver tantas recordações de infância, meu Deus!
    Se não se importarem, gostava de responder a essa pergunta no meu blog, através de um post

    ResponderEliminar
  6. r: Muito obrigada pela ajuda querida, felizmente tudo se resolveu a tempo eheh

    ResponderEliminar
  7. Comigo era exatamente a mesma coisa! Havia sempre um homem que estava "na casa de banho"... Beijinho,
    NOVA PUBLICAÇÃO >> clica aqui
    neptunesecrets.blogspot.pt // facebook

    ResponderEliminar
  8. r: Sim querida, não há problema em enviar mais cedo! :)
    Muito obrigada, em breve faço-o eheh

    ResponderEliminar
  9. Gostei da tua história :P Eu só descobri mais tarde, aos 10 anos, e foi porque a minha mãe me contou xD Sempre acreditei no Pai Natal, a minha família fez imensa questão disso x) Ainda por cima os presentes pareciam aparecer por magia na casa dos meus avós...quando lá entrávamos, à meia-noite (ou perto disso) do dia 24, a sala já estava cheia de prendas por todo o lado *-*

    ResponderEliminar
  10. Ahaha tenho uma história semelhante! Descobri (primeiro que o Diogo) que o pai Natal era uma tia minha exatamente porque ela se esqueceu de tirar os brincos.. foi fácil!

    ResponderEliminar
  11. Até aos meus 9 anos eu e o meu primo esperávamos ansiosamente pela meia noite pois era a hora em que o pai natal chegava. Havia sempre alguém que a essa hora saía da sala e "supostamente" ia à casa da banho mas na verdade ia buscar as prendas à mala do carro e pô-las em frente da porta de entrada. Depois, já cá dentro, batia à porta e dizia-nos que pareceu ver alguém lá fora. Nós íamos a correr e eles abriam a porta e nós viamos as prendas lá. Nunca tinha suspeitado de nada tiveram de ser os meus pais a contar-me ahah xd

    ResponderEliminar
  12. Ahaahah é verdade é verdade, mas é super recente (:

    ResponderEliminar
  13. Lembro-me de acreditar no Pai Natal e sei que agora já não acredito (quer dizer...) mas acho que não aconteceu em nenhum momento específico!

    Perdida em Combate

    ResponderEliminar
  14. Não me lembro de como deixei de acreditar no Pai Natal, mas gostei da tua história! Que perspicácia! :p
    xoxo, Ana

    The Insomniac Owl Blog
    Giveaway - Vale 25€ Kiko

    ResponderEliminar
  15. Demais!! Ahahahah adorei a tua história!
    Passa pelo meu blog e aproveita para participar no GIVEAWAY*
    www.a-be-atriz.com
    xx, A Be-atriz

    ResponderEliminar