O antes e depois da blogosfera

Como alguns de vocês sabem, antes de existir o The eyes, eu tive um outro blog. Criei-o com apenas os meus 12/13 anos (ou seja, por volta de 2011) e chama-se Hardiness. Aquilo para mim funcionava como um diário de opiniões e desabafos sobre vários assuntos, e ao mesmo tempo era uma maneira de descarregar stresses do dia a dia. Na altura, lembro-me que não conhecia mais ninguém que tivesse um blog, mas havia muita gente que usava as notas do Facebook para postar aquelas cenas onde falavam sobre elas próprias e identificavam pessoas blábláblá, lembram-se? Mas bem, por algum motivo, deixei de lá escrever. O último post existente nesse blog (no qual já nem a passe sei) marca a data 22 Abril de 2012. E agora, depois de todos esses anos que fiquei afastada da blogosfera, senti uma imensa mudança. Vou partilhar convosco alguns aspectos que me lembro e que na época eram bem diferentes de agora:


Eu não sabia colocar imagens nas publicações. Penso que ainda seja no mesmo sítio de agora, mas a verdade é que apesar de eu me desenrascar muito bem no resto, isto dava cabe da minha cabeça na altura. Então as minhas publicações resumiam-se a textos compridos e muitas vezes chatos de se ler.

Apostava-se muito em slides fofos. É, imagens eu não sabia colocar, mas slides era o forte na altura. Não sei se vocês se recordam, mas havia aqui no blog uma cena onde nos importávamos para lá as fotos que queríamos e depois ponhamos uma música a nossa escolha e um efeito todo fixe por cima e tcharaaaam fazíamos magia. Aquilo ficava a passar as fotos e a música, e quem soubesse fazer isso era o maior.

Eu não conhecia ninguém que também tivesse um blog. Por isso, não dava para trocar impressões com ninguém sobre "as cenas da blogosfera", mas também "as cenas da blogosfera" não existiam. Existiam eram problemas como saber mudar o fundo do blog ou mudar as cores das letras dos textos. Isso sim era um problema. Um tempo mais tarde A Inês, do She was Here, criou também um blog, em que na altura penso que se chamava mesmo Inês (se quiseres estiveres a ler corrige-me Inês ahaha). Mas também nunca trocamos muitas conversas à cerca dos blogs.

Quase ninguém sabia sequer que dava para "seguir" um blog. A verdade é que tanto eu, como os blogs que eu seguia na altura, não tínhamos a aplicação de seguir o blog. Tanto que, quando queria ir ler um blog que eu costumava ler, tinha de me lembrar do nome dele e andar à procura (muitas vezes sem sucesso). Só um ou dois anos mais tarde isso mudou.

Escrever no blog era à noite. Lembro-me tão bem de chegar das aulas e enquanto via os Morangos com Açúcar escrevia qualquer coisa que me apetece por lá. Às vezes abria a caixa de texto, escrevia e acabava por nem publicar nada. Depois voltava para o MSN (chorem lá de saudades).

Ou ninguém sabia que tinhas um blog, ou todos os teus amigos do Facebook sabiam. Isto era assim: ou escolhias manter o blog só para ti e para quem acidentalmente lá entrasse, ou para ti e para os teus amigos mais chegados, ou então se publicavas no teu Facebook toda a gente ia abrir o link para ver o que era. Eu normalmente só o partilhava com os meus amigos, ou porque queria que lessem um determinado texto, ou porque gostava sempre que me dessem opinião sobre o que escrevi.

Estas foram as lembranças que me recordo dos tempos em que a blogosfera era mais parada do que a água do rio. Alguém é desse tempo e se lembra de algum dos pontos que mencionei? Quando chegaram aqui, era muito diferente do agora?

Os filmes nunca mostram tudo

Todos os sabemos que quando um filme é adaptado de um livro, não passa disso mesmo - uma adaptação. Por isso, já estamos a contar que não veremos tudo ao pormenor, e que haverá algumas partes que irão faltar. Mas bem, posso-vos dizer que neste caso em particular que vos vou falar, irrita-me um bocadinho, vá. Estou a acabar o terceiro livro da saga Harry Potter, e o facto de ter visto primeiro os filmes e só agora estar a ler os livros, percebi que afinal eu não conhecia nem metade do universo mágico. Há tantas partes importantes que faltam nos filmes, e que eu gostava de ver! Existem até coisas que foram só inventadas ou modificadas para os filmes, e que se formos a ver, nem sequer fazem sentido, ou para só segue os filmes não perceberá muita coisa (como eu não tinha percebido até agora). Quem já leu os livros e viu os filmes de Harry Potter, concorda comigo? Qual a parte que acham que faz mesmo muita falta nos filmes?

Das primeiras fotos com o telemóvel novo. Que acham da qualidade? :D

Algumas curiosidades sobre HIMYM

Depois do primeiro post deste género, sobre as curiosidades da série Pretty Little Liars (podem ver aqui), e o post sobre algumas curiosidades sobre a saga Harry Potter (aqui), decidi trazer-vos mais um. Desta vez, com curiosidades de mais uma das séries que eu adorei e adoro ver - How I met your Mother. Sempre disse que não gostava de séries de comédia, mas esta convenceu-me desde o início. Apaixonei-me pelos personagens, e identifico-me em várias das personalidades deles. Além das partes cómicas, é incrível ver a amizade das personagens entre si e até mesmo as histórias de amores e desamores. Portanto, recomendo para quem ainda não assistiu! Fiquem então com algumas curiosidades que achei interessantes partilhar convosco: 

Assim como Barney, Neil Patrick é mágico na vida real. Na série ele interpreta um homem garanhão, mas na vida real assume-se homossexual, é companheiro de David Burtka (que também participa na série) e tem dois filhos.

O bar onde as personagens se costumam encontrar, o Maclaren's, existe na realidade e actualmente serve menus com nomes relativos à série.

Todos os personagens principais da série conhecem "a mãe" antes de Ted.

Durante as últimas temporadas, o guarda chuva amarelo é utilizado para "sinalizar a mãe", sem a sua cara ser vista. É por isso um dos elementos importantes para os fãs da série.

Outro dos itens muito famosos da série é a corneta francesa azul, que simboliza a relação de Ted e Robin.

Lily e Marshall eram namorados desde a faculdade e acabaram juntos. True love story.

O blog que Barney dizia ter na série, existia na realidade e era actualizado semanalmente. 

Houve um roteiro para uma nova série, em que seria a história vista pelo lado da "mãe", e ia chamar-se "How I met your Father" mas não foi aprovada.

Can we just take a minute?

Tal como vos tinha dito, queria imenso ver o Room este fim de semana. Pois bem, acabei de vê-lo, e depois de limpar as lágrimas de emoção e de me recompor, posso-vos dizer que valeu muito a pena. O filme é uma adaptação de uma história verídica e só por aí já me convence. O facto da história ser tão comovente, faz com que mexa com o sistema emocional de qualquer pessoa, pelo menos a meu ver. Fiquei super fã do miúdo que interpreta o papel de Jack. Jacob Tremblay tem apenas 9 anos, e representa como muitos com o dobro e triplo da idade dele gostariam de alguma vez representar. Mas bem, vim só deixar aqui um apelo - por favor, se ainda não viram o filme, vão ver. Nem que seja só para verem a fofura do miúdo. Vale mesmo muito a pena! 

Jacob Tremblay nos Óscares

Weekend wishlist #2

No mês passado, numa sexta-feira, partilhei convosco uma pequena lista de coisas que esperava fazer durante o meu fim de semana (podem ver aqui). E neste primeiro fim de semana do mês de Março, achei boa ideia voltar a partilhar este género de lista novamente. Penso que vocês gostaram da última publicação, e até houve pessoas que comentaram comigo que adoraram a ideia e que iam começar a fazer a mesma coisa, de forma a organizar melhor o que tem de fazer e o que realmente gostavam de fazer para aproveitar o tempo livre. E a mim até me dá jeito publicar isto num post no blog, porque assim sei que provavelmente não me vou esquecer mesmo de nada, já que aqui venho todos os dias. Se tens um blog, desafio-te a fazer o mesmo! 
Limpar o meu quarto 
Encher a banheira e tomar um banho like a mermaid
Agendar publicações na página de Facebook do blog
Ver o filme Room
Espreitar os novos vídeos do Youtube
Ler alguns capítulos de Harry Potter and the Prisoner of Azkaban
Tirar fotografias para o Instagram e blog
Preparar novos posts para o blog
Ver o novo episódio de Pretty Little Liars
Almoçar ou jantar fora
Acabar de construir a minha casa no Sims4
Ir ao cinema, ver o Deadpool
Procurar as minhas próximas sapatilhas
Comer comida mais saudável